Marcopolo consolida liderança como fornecedora do Caminhos da Escola

Este ano, a empresa fornecerá, inclusive, carrocerias para a Volkswagen pelo programa

Marcopolo

A Marcopolo consolida a sua liderança como uma das maiores fornecedoras de veículos escolares para o programa Caminho da Escola, criado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A companhia poderá fornecer até 7.720 unidades para as secretarias de Educação de municípios de todo o País, que podem ser encomendados e entregues até o primeiro semestre de 2025.

A fabricante está habilitada a fornecer 2.120 micro-ônibus da marca Volare, com diferentes configurações, além de 5.600 outras unidades com carrocerias da marca Neobus, em parceria com a Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Há anos na iniciativa

“Esta conquista demonstra a expertise da Marcopolo no desenvolvimento de produtos que atendam às necessidades e diferentes características das cidades brasileiras, com veículos de diversos tamanhos e capacidades, inclusive com tração 4×4, piso baixo e transmissão automática”, enfatiza Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais Mercado Interno e Marketing da Marcopolo.

O executivo destaca que a Marcopolo foi a primeira fabricante brasileira a desenvolver e lançar um modelo específico para o transporte escolar, o Volare Escolarbus. Apresentado em 1999, o veículo se transformou em referência para o mercado nacional.

Licitação de 2023

Na licitação deste ano do programa Caminho da Escola, a Volare foi credenciada a fornecer 1.100 unidades do modelo Attack 8 4×4 (ORE1 4×4), sendo 100 veículos com transmissão automática; 840 unidades do Volare Access (Onurea2), sendo 40 com transmissão automática, e 180 do modelo Attack 8 (ORE1) com transmissão automática.

Além desses veículos, a Marcopolo fornecerá carrocerias para outros 5.600 ônibus da Volkswagen Caminhões e Ônibus, sendo 4.000 veículos na configuração ORE 1, com chassi Volksbus 8.180E e carroceria Neobus Thunder, e mais 1.600 unidades Onurea, com chassi Volksbus 8.180 e carroceria Neobus Thunder, todos com capacidade para transportar até 29 estudantes e duas opções de acessibilidade – plataforma elevatória ou dispositivo de poltrona móvel (DPM).

Leia também: Marcopolo anuncia investimento milionário em elétricos

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!