Volkswagen mantem plano de cooperação Scania-MAN

Montadora alemã comprou 70 por cento da Scania em 2008

Montadora alemã comprou 70 por cento da Scania em 2008

A Volkswagen desmentiu nesta sexta-feira que tenha desistido dos planos sobre uma maior cooperação entre suas duas subsidiárias de caminhões, a alemã MAN e a sueca Scania.

“Nossos planos estão inalterados”, declarou um porta-voz da montadora nesta sexta-feira.

Na quinta-feira, o jornal sueco Dagens Industri noticiou, citando fontes não identificadas, que o presidente de conselho da Volkswagen, Ferdinand Piech, não estava mais atrás de uma maior cooperação porque a Scania continua lucrativa.

A montadora alemã, que controla as duas fabricantes de caminhões, disse ver grande sinergia entre MAN e Scania na tentativa de superar a líder de mercado Daimler.

Em meados de 2010, a Scania tinha dito que analisava várias áreas de cooperação com a MAN, inclusive em caixas de câmbio e eixos.

A Scania tem um dos maiores níveis de rentabilidade entre as fabricantes de caminhões, com uma relação de lucro operacional ante vendas de 15 por cento nos primeiros nove meses de 2011.

Na mesma época, a companhia sueca começou a ver sinais de desaceleração na demanda e diminuiu a produção.

A Volkswagen comprou 70 por cento da Scania em 2008, quase dois anos depois da sueca ter rejeitado uma oferta hostil da MAN. As relações entre Scania e MAN, que esfriaram após a oferta hostil, vêm melhorando sob a tutela da Volkswagen.

A MAN reiterou que as negociações com as duas montadoras continuam e que tem interesse na sinergia com a Volkswagen.

Agência Estado

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!