JCB e Rodobens lançam novo plano de consórcio

O plano atual permite que o cliente possa adquirir a previsibilidade da compra da máquina a partir da 6ª parcela paga

Consórcio

A JCB em conjunto com a Rodobens lançam o Plano Pontual do Consórcio JCB, para a compra de máquinas e equipamentos da fabricante por meio dessa modalidade.

O Plano Pontual é um consórcio destinado à aquisição de todo o portfólio da JCB, composto por retroescavadeiras, escavadeiras hidráulicas de esteira, pás carregadeiras, miniretroescavadeiras, miniescavadeiras (elétricas e a combustão), minicarregadeiras, manipuladores telescópicos (Loadall), rolos compactadores e plataformas elevatórias elétricas no formato tesoura.

O plano é de 60 meses com 120 participantes e até duas contemplações por sorteio todos os meses, e tem taxa de administração competitiva variando de 0,2833% a.m. (total de 17,00%) e 0,3250% a.m. (total de 19,50%) + seguro prestamista de 0.04054% (total de 2,43%);

Condições

O cliente contemplado por sorteio tem que ter 12 parcelas pagas para ter direito à carta de crédito. Mas se isto acontecer antes da 12ª assembleia, basta que antecipe o pagamento das mensalidades remanescentes. Para ilustrar: se a contemplação acontecer na 2ª assembleia, basta ele adiantar a quitação de 10 prestações e, assim, receberá a carta de crédito.

Porém, o Plano Pontual do Consórcio JCB tem um diferencial em comparação ao Plano Tradicional, lançado pelas empresas em outubro de 2021 e que continua em vigor: a possibilidade de o cliente adquirir a previsibilidade da compra da máquina a partir da 6ª parcela paga. Isto faz com que ele se programe em um menor prazo. Neste caso, porém, precisará antecipar o equivalente a no mínimo 24 parcelas. Por exemplo: se na 6ª mensalidade ele quiser pegar a máquina, basta pagar o equivalente a 18 mensalidades; se for na 7ª, terá que quitar 17 parcelas e assim por diante.

A JCB está otimista com o lançamento de mais este produto. Desde que o consórcio tradicional foi lançado, em outubro de 2021, foram comercializadas cerca de R$ 20 milhões em cotas.

Leia também: Governo dialoga com investidores internacionais para modernizar a infraestrutura

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!