Em expansão, QueroTruck quer ser hub de soluções para o setor

CEO da empresa detalha a operação e conta os planos para 2024

Introduzida no mercado em 2023, a QueroTruck está cheia de planos para 2024. A empresa se apresenta como uma plataforma digital, tendo seu foco atual na compra e venda de caminhões, mas quer ser muito mais do que isso daqui pra frente.

Quero TruckHoje em dia a companhia está presente em 25 dos 27 estados brasileiros. Sendo Sul e Sudeste as regiões mais fortes. Segundo Melodivo Teixeira, CEO da QueroTruck (foto), o plano é expandir por todo o território nacional. “Como destaque falo de São Paulo, que já possui mais de 1.500 anúncios. A meta é aumentar gradualmente a quantidade à medida que a marca atende às necessidades do mercado.”

Cerca de 98% da plataforma é composta por seminovos. Parte disso sendo investido pelas próprias montadoras para mostrar um bom ciclo de venda daquele modelo seminovo no mercado, segundo o executivo.

Ele também explica a escolha que a plataforma fez por ganhar dinheiro apenas vendendo espaços para venda e publicidade. Em vez de cobrar comissão, por exemplo. Como meta financeira para esse primeiro ano, a ideia é empatar com seu custo de operação.

“O mercado é um mercado muito desconfiado, com muita cautela. Nós como QueroTruck temos um cuidado para conseguir quebrar esse paradigma. Ofertar com a maior clareza possível esse produto. Por isso não queremos monetizar através de comissionamento ou vendas direta. Se fazemos negócios nós mesmos, a gente vira concorrente do nosso cliente. E se não tivermos transparência total, 100%, o mercado não vai deixar de ter essa desconfiança. Esse é o grande desafio do negócio digital”.

A comercialização de seminovos, segundo o Detran em 2023, foi de cerca de 339 mil unidades. Em 2024, esse número até aqui apresente uma diferença de 4%. Melodivo analisa que, com a queda do mercado de novos, as transferências de seminovos devem aumentar e alcançar pelo menos a meta do ano passado. 

Próximos passos

Mais do que intermediar a venda do caminhão, a empresa quer ser um hub de soluções. Desde prestadores de serviço, passando por meio de pagamentos, integrações tecnológicas e tudo o que couber ali. Um dos destaques é o módulo Quero Vagas, um banco de vagas para o público autônomo, também da logística, exclusivamente para todo o segmento de transportes.

Vale citar também o Quero Consórcio, uma parceria, segundo Melodivo, com o maior nome de Consórcio do Brasil, que vai atuar dentro da plataforma. Aliás, até a locação de caminhões está nos planos para 2025. A ideia até o fim de 2024 é se conectar, em várias frentes do transporte, com os maiores nomes desta indústria. “Queremos fechar um ecossistema 360º”.

Neste ano a QueroTruck ainda não vai participar da Fenatran 2024, feira do setor de transportes que acontece próximo ao final do ano. “O caso é que os espaços ali esgotam-se rápido demais e é difícil de conseguir. E mesmo assim, eu entendo que devemos estar mais maduros para participar. Queremos chegar realmente para agregar em algo”. finaliza Melodivo.

LEIA MAIS: Caminhões autônomos ganharão escala em 2027

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!