Marcopolo retoma o posto de maior encarroçadora do Brasil

Fabricante gaúcha retoma a liderança do mercado em 2023, ao mesmo tempo em  reafirma seu domínio no segmento de carrocerias rodoviárias e de microônibus três feitos que renderam o reconhecimento do Prêmio Lótus Campeão de Vendas 2024 para a empresa.

Depois de perder o posto para a Caio em 2022, a Marcopolo reassumiu a liderança histórica no mercado de carrocerias para ônibus, nas contas da Fabus que reúne os fabricantes do produto. A encarroçadora gaúcha com sede em Caxias do Sul encerrou o ano de 2023 com uma produção acumulada de 6.074 unidades destinadas ao mercado interno, o que representou uma evolução de 85,07% frente às 3.382 carrocerias fabricadas no ano anterior.

Performance parecida ocorreu no segmento de carrocerias rodoviárias, onde a empresa saltou de 1.387 unidades comercializadas no mercado interno no ano retrasado para exatas 2.171 unidades em 2023, evidenciando um incremento de 56,5%. %. Por fim, a Unidade de Negócios Volare (foto) confirmou seu favoritismo no segmento de microônibus, com 41,4% de participação e mais de 2,2 mil unidades produzidas no ano. Como resultado desse esforço, a Marcopolo foi reconhecida com três certificações do Prêmio Lótus Campeão de Vendas 2024, de Frota&Cia, como Marca de Carroceria, Marca de Carroceria Rodoviária e Marca de Microônibus.

Incentivo ao investimento

“A conquista do Prêmio Lótus 2024 é muito importante porque nos incentiva a continuar investindo em inovação, novas tecnologias, formação de profissionais e capacidade de produção, e estar cada vez mais próximos dos clientes, superando as expectativas do mercado”, exalta Ricardo Portolan (foto), diretor de Operações Comerciais Mercado Interno e Marketing da Marcopolo.

O feito ganha mais amplitude, tendo em vista que o mercado nacional de carrocerias para ônibus retraiu 4,56% no ano na comparação com 2022, de acordo com a Fabus. No período, foram produzidas 19.435 unidades ante as 20.278 carrocerias registradas no período anterior. O principal destaque foi a produção de carrocerias rodoviárias, que avançou 17,30% em 2023.

Segundo Portolan, a Marcopolo foi a única fabricante do mercado nacional que cresceu em todos os segmentos, considerando a produção total incluindo exportações. “Em Rodoviários, o crescimento foi de 39,4%, com 3.078 ônibus contra 2.208 do ano anterior. Em Urbanos, 41,9%, com 3.289 ônibus em relação às 2.318 unidades. E, em micro-ônibus 78,6%, com 911 veículos ante 510 de 2022”, analisa.

Mercado urbano

Apesar da forte evolução no segmento de carrocerias urbanas, que resultou em um aumento da participação de mercado de 19,1% para 31% no biênio 2022/2023, a Marcopolo repetiu o segundo lugar no ranking por fabricante, atrás da arquirrival Caio que fechou o ano com 49% de market share na categoria.

O fato não tirou o brilho da líder no mercado nacional de carrocerias, que atribui parte de seu sucesso à grande aceitação da Geração 8 de modelos rodoviários, entre os operadores de transportes no Brasil e no exterior.  “Isso ocorreu, porque nenhum outro fabricante investiu tanto em inovações e em tecnologia para criar um novo parâmetro para a indústria brasileira de ônibus. Esse sucesso representa o reconhecimento dos clientes aos diferenciais e atributos dos nossos ônibus”, enfatiza Portolan.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!