De olho na Fenatran, Mercedes-Benz agrega melhorias à família Atego

A Mercedes-Benz decidiu sair na frente e antecipar as primeiras novidades que serão apresentadas na Fenatran 2024. Em evento realizado na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), a montadora mostrou o novo design da linha Atego de caminhões semipesados e pesados. No esforço de reforçar a identidade da marca, os novos Atego passam a adotar o design dos extrapesados Actros nas aplicações urbana e rodoviária e, também, dos modelos Arocs nas versões fora-de-estrada.

As melhorias vão beneficiar as 9 versões da família Atego, com Peso Bruto Total (PBT) que vai de 14 a 33 toneladas, nas configurações 4×2, 6×2, 8×2, 6×4 e 8×4. A empresa aproveitou a ocasião para apresentar mais dois integrantes da família: o Atego 1719 compactador de lixo e o Atego 1733 para uso dos Bombeiros. E anunciar o início das vendas do Actros 2553 6×2 e o Arocs 3353S 6×4, para atender aos mercados canavieiro e madeireiro, pela ordem, ambos equipados com motor de 530 cavalos, o mais potente da marca no país.

     

“Os novos Atego, Actros e Arocs são alguns dos nossos lançamentos, que chegam aos concessionários a partir deste mês. Mas 2024 é ano de Fenatran, IAA e LatBus e estamos preparando muito mais novidades para o mercado”, adianta Achim Puchert, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. O executivo lembrou, ainda, que a empresa irá celebrar dois marcos em 2024. Primeiro a comemoração de 2,5 milhões de caminhões e ônibus produzidos no país desde a fundação da empresa em 1956. Além do marco de mais de 530 mil caminhões e ônibus exportados.

Melhorias

Entre as melhorias incorporadas ao Atego rodoviário e urbano, destaque para a visual mais clean e robusto por conta da nova grade frontal inspirada no Actros e o para-choque tripartido com acabamento termoplástico. Acrescente a isso o novo defletor de ar mais aerodinâmico, o novo spoiler frontal e farol de neblina opcional. Já o Atego para operações fora-de-estrada ganhou uma nova grade, defletor de ar, para-choque com estrutura metálica tubular além de faróis modulares que possibilitam a substituição individual dos módulos.

Mais interessante de tudo é que o conjunto frontal da versão off-road estará disponível como opcional, para utilização nos modelos urbanos, rodoviários e vocacionais por meio do pacote robustez. Para Jefferson Ferrarez, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões da empresa, a renovação da família Atego assegura para clientes maior robustez e menor custo de manutenção. O novo visual traz também um toque de modernidade que contribui para a valorização da frota e, por extensão, do valor de revenda do veículo.

Em adição, o executivo explica que os novos Atego terão um acréscimo de preço da ordem de 4% a 5%, por conta das melhorias incorporadas ao modelo e a inflação.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!