Guerra consolida a produção de implementos rodoviários

A decisão estratégica pretende ampliar a presença da marca no mercado brasileiro, entre outros fatores

Guerra

A Guerra consolidou a produção de implementos rodoviários ampliando a sua capacidade de produção em Sumaré (SP). Segundo a empresa, essa ação vai unificar a administração da produção, otimizar projetos e melhorar o processo de aquisição de componentes, reduzindo custos operacionais. Neste caso, a Rodofort passa a atuar na comercialização de pneus de marca própria, mantendo sua presença no mercado de transporte de cargas.

“Vamos consolidar a fabricação dos produtos sob a consagrada marca Guerra, como parte da estratégia de ampliação da presença no mercado brasileiro, visando oportunidades de negócios de médio e longo prazos”, disse Ivo Ilário Riedi Filho, CEO da Guerra Implementos.

Planos para 2024

Em 2023, as vendas ao mercado externo foram superiores a 280 unidades. A expectativa para 2024 é exportar 25% acima desse volume, ou seja, aproximadamente 350 Reboques e Semirreboques. Para viabilizar o plano de aumento de produção, a empresa tem investido na renovação e implementação de novas tecnologias, investindo na aquisição de células robotizadas para soldagem, máquinas de corte laser fibra, armazém automatizado para movimentação de materiais, e entre outros itens.

Para 2024, A Guerra planeja uma produção superior a 10.500 unidades, somando as três unidades fabris. Isso representa um incremento de 40% em relação a 2023. O incremento na produção visa atender à crescente demanda no mercado interno, especialmente para o 4º eixo, e também ao projeto de ampliação da atuação internacional.

A empresa também aplicou recursos na estruturação do novo Centro Tecnológico Guerra, em Caxias do Sul (RS). “O objetivo é dar suporte em pesquisas e testes para gerar cada vez mais desenvolvimento e qualidade aos projetos da marca”, explica Rodrigo Bernardi, diretor de Engenharia e Tecnologia de Produto da empresa.

Leia também: Rodofort Guerra vende 22 implementos ao mercado peruano

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!