Empresas são responsáveis por 22% das tags eletrônicas no país

Números são da ABEPAM

Após seu lançamento nos anos 2000, as tags eletrônicas vem crescendo a cada ano no país, principalmente no segmento empresarial. Reflexo disso é o recente levantamento da Abepam (Associação Brasileira das Empresas de Pagamento Automático para Mobilidade) que mostrou que setor é responsável por 22,2% de todas as tags eletrônicas habilitadas no BrasilAtualmente, são mais de 12 milhões de tags em funcionamento no país.

Para Diego Ros Quinto, vice da Abepam, as tags podem proporcionar um maior controle e visão dos processos para os gestores das empresas. “Além de ampliar a visão dos gestores, também existem as vantagens de ordem financeira, como descontos em tarifas de pedágio e economia de combustível, no caso de veículos pesados”, afirma Diego. “O uso expressivo das tags nas empresas é reflexo do entendimento desses usuários em relação ao conjunto da oferta de benefícios, que são inúmeros”, explica o executivo.

Um dos benefícios apontados pela Abepam é a economia de combustível quando o motorista não precisa desacelerar ao chegar nas cabines. Com a expansão do novo sistema free flow no Brasil, essa economia se torna ainda mais significativa, pois os veículos sequer precisam reduzir a velocidade de jornada para efetuar o pagamento automático via tag.

LEIA MAIS: Volkswagen Financial Services Brasil anuncia mudanças em seu comitê executivo

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!