TEVX Higer faz programa de treinamento para motoristas de ônibus elétricos

Ação prepara 60 condutores para receberem as primeiras 15 unidades do ônibus elétrico HIGER que atenderão a cidade

Com o veloz crescimento da implementação de ônibus elétricos pelo Brasil, se torna necessário a capacitação dos profissionais para tirarem o máximo de desempenho dos veículos. Por isso a TEVX Higer realizou um treinamento do padrão de condução HIGER, em Cascavel (PR). As aulas duraram duas semanas e fez parte do pacote de integração das novas unidades que chegaram à cidade.

O treinamento capacitou 60 condutores e englobou aulas práticas e teóricas sobre o padrão de condução ideal. Entre os tópicos abordados, estão: estilo de condução inteligente e estratégico; conceitos de segurança no trânsito; técnicas de condução econômica; habilidades operacionais; apresentação técnica teórica do veículo; e adaptação às novas tecnologias.

“O uso adequado é fundamental para o desempenho. Um exemplo é o sistema de freio regenerativo que pode incrementar a autonomia do veículo em até 30%. Assim, o nosso  treinamento vai muito além da parte teórica ou prática, pois temos como princípio acompanhar os condutores durante suas primeiras jornadas de trabalho para que possa esclarecer eventuais dúvidas e desenvolver uma condução eficiente e segura”, destaca Adriana Taqueti, gerente comercial e de marketing  da TEVX Higer.

Cascavel sustentável

A TEVX Higer fornecerá um total de 15 veículos elétricos para Cascavel, sendo 13 modelo padron e 2  articulados (18 metros de comprimento). Todos configurados com portas do lado esquerdo do veículo – um detalhe de personalização feito especialmente para atender à característica da cidade.

Simoni Soares

Para a presidente da Transitar, Autarquia de Mobilidade e Trânsito de Cascavel, Simoni Soares, a cidade tornou-se referência para a eletromobilidade, com um projeto que vai desde a geração de energia limpa, passando pelo investimento da infraestrutura de recarga até o consumo dessa energia pelos 15 ônibus elétricos.

“Cascavel se prepara não somente na parte de infraestrutura, mas também na  qualificação da equipe de condutores, sendo este um fator de impacto direto no desempenho dos veículos e, consequentemente, no sucesso desse projeto. Essa inovação tecnológica beneficia  diversos atores da sociedade, desde o condutor que passará a ter um diferencial profissional e um melhor ambiente de trabalho, até os usuários, que poderão usufruir de um transporte moderno, confortável e sustentável”.

LEIA MAIS: PepsiCo vai usar biometano em sua fábrica e frota própria

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!