Startup prepara empresas de e-commerce para crescimento do setor

Com tecnologia exclusiva, a empresa oferece soluções de entregas inteligentes para o segmento

Empresas de e-commerce

Para suprir as demandas das grandes varejistas, as empresas de e-commerce têm adaptado sua estrutura comercial, focando na eficiência e qualidade. No Brasil, a Uello, empresa especializada em logística de entregas inteligentes, tem a tecnologia como uma de suas bases. Sua principal plataforma é um Software as a Service (SaaS) feito para atender demandas de forma flexível e personalizada, de acordo com o que cada parceiro de negócios precisa.

A tecnologia é exclusiva no mercado, construída a partir de sistemas de gestão de entregas utilizados para estruturar operações de crowdshipping – quando as entregas são feitas por pessoas comuns, com seus próprios veículos, com oferta e demanda combinados via app. Isso demonstra a versatilidade da ferramenta, que é capaz de processar informações de fontes diversas e direcionar para o caminho mais rápido, eficaz e econômico nas entregas.

“O SaaS permite às marcas e empresas estabelecerem a própria maneira de organizar a logística, de acordo com suas demandas de mercado. Nossa tecnologia disponibiliza programas de alta flexibilidade, que através do armazenamento em nuvem, podem ser acessados por computadores ou dispositivos móveis definidos pela empresa ou player varejista. As marcas obtêm melhores resultados e eficiência no setor, por meio da tecnologia, para entregas em datas sazonais e dias rotineiros”, explica Fernando Sartori, CEO da Uello.

A Uello realiza mais de sete mil entregas por dia, para mais de 150 clientes. Desde sua fundação, em 2017, foram mais de oito milhões de entregas efetuadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Goiás e no Distrito Federal.

Crescimento do e-commerce

Projeções realizadas pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostram um faturamento de R$ 185,7 bilhões em 2023, chegando a R$ 273 bilhões em 2027 para o setor. São quase R$ 10 bilhões a mais em cinco anos.

Os avanços no e-commerce também revelam a evolução no número de entregas realizadas pelo setor logístico. São esperadas 92 bilhões de toneladas de mercadorias em movimentação no setor somente em 2023, de acordo com a pesquisa realizada pela Transparency Market Research.

“O crescimento do e-commerce está diretamente relacionado a toda cadeia produtiva e dos seus componentes. Dentre eles, quem tem um grande destaque é a logística focada na distribuição e envio de produtos. Quanto mais ágil for esse processo, maior será a taxa de entregas dos pedidos e a redução exponencial no tempo de distribuição. Essa eficiência no setor também pode elevar o sucesso de entregas same day, que está cada vez mais se popularizando no Brasil, em especial nos grandes centros urbanos”, explica Sartori.

Leia também: Executivo destaca as novidades do myDHLi

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!