Pizzattolog inova em sustentabilidade e recebe prêmio do SETCESP

Transportadora paranaense investe em diversas iniciativas baseadas nas ODSs da ONU, monitoradas por um “Barômetro ESG” controlado por comitê

Pizzatolog

Um conjunto de ações implementadas pela Pizzattolog com sede em Curitiba (PR) rendeu à empresa o reconhecimento público, ao conquistar o 9º Premio de Sustentabilidade do Setcesp. O case “Pizzatto ESG” alcançou o primeiro lugar na categoria Governança, superando outros 11 projetos inscritos. Além de ter atendido quatro Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, de números 3, 5, 13 e 16, referentes à Saúde e Bem-estar, Igualdade de Gênero, Ação contra a Mudança Global do Clima e Paz, Justiça e Instituições Eficazes, pela ordem.

Antonio de Paiva Alves e Erick Tosin, recebendo o prêmio de sustentabilidade

Com foco no transporte e soluções integradas na área de logística, a empresa trabalha com o modelo de atuação responsável, prático e eficiente, que busca gerar valor para seus clientes, colaboradores e fornecedores, explica o diretor Administrativo da empresa, Antonio de Paiva Alves. “Hoje contamos com 15 filiais e pontos de apoio, estrategicamente localizados em todo o território nacional, atendidos por uma frota de mais ou menos 600 veículos e 500 funcionários diretos, para atender aos segmentos de cosméticos, pet food e embalagem”.

Erick Tosin, que atua como coordenador de Qualidade e ESG da Pizzattolog conta que o projeto de governança corporativa surgiu em 2018, para atender aos objetivos estratégicos da empresa de estar mais alinhada às questões ESG. “Foi montado um comitê voltado para essa finalidade e, a partir daí, surgiram alguns indicadores relacionados à sustentabilidade corporativa. Tais medições foram aperfeiçoados ao longo do tempo e possibilitam estabelecer diretrizes para alcançar a excelência nas práticas ESG”, revela o executivo, que hoje conta com a parceria do Instituto Chico Mendes para ajudar na compilação dos dados. 

Leque de iniciativas

Barômetro

O coordenador conta que o carro-chefe do projeto é o ESG Barômetro, um compilado de perguntas elaboradas por organismos certificadores terceiros, cujas respostas norteiam as ações da empresa. As iniciativas formuladas abrangem um vasto leque de opções, todas em estrita consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Como as campanhas de doações de inverno, de Páscoa ou voltadas para crianças, realizadas em parceria com instituições que a empresa apoia e participa com a comunidade.

Outro bom exemplo é a solução Double Decker, que otimiza o aproveitamento de espaço nas carretas de transferência, graças à instalação de um segundo piso elevado em seu interior. “A solução permite agrupar dois perfis de cargas diferentes em um único implemento, reduzindo assim o número de viagens. Sem contar o fato da carreta utilizar o GNV como combustível, contribuindo para a redução do efeito estufa na atmosfera”, ressalta Francisco.

Não sem motivo, a Pizzattolog vem investindo na utilização de veículos mais sustentáveis, incluindo versões movidas a baterias. A frota da empresa já conta hoje com seis veículos 100% elétricos, que colaboram para a redução de quase 7 mil toneladas de CO2 na atmosfera. “Enquanto para muitas transportadoras isso configura uma tendência, na Pizzattolog já é uma realidade”.

A expectativa é aumentar anda mais a frota elétrica

Participação feminina

A questão da diversidade também não foi esquecida pela empresa. Como parte dessa política, toda a frota elétrica é dirigida por mulheres. E a meta é ampliar cada vez mais a participação feminina na companhia, incluindo nos cargos de liderança. Para tanto, a Pizzattolog conta com uma Universidade corporativa, que complementa a formação das pessoas apontadas como talentos. Além de oferecer formação aberta para os interessados em outros cursos.

Outra iniciativa bem sucedida está relacionada à redução de resíduos, envolvendo toda a cadeia de abastecimento. “Os cuidados nesse sentido vão desde a homologação de fornecedores comprometidos com as práticas ESG até nossas próprias ações dentro da empresa, como forma a garantir a melhor destinação para os resíduos gerados, caso por exemplo das embalagens e lubrificantes usados”. Mesmo com esses cuidados, a Pizzattolog não descuida de investir no cultivo de árvores, como as 55 mil mudas já plantadas para compensar as emissões de CO2. 

A prática da Logística 4.0 também faz parte dessa lista de ações, que compõem o projeto Pizzato ESG. Para tanto, a empresa investe no treinamento de motoristas para garantir uma condução mais econômica, segura e responsável, incluindo a escolha de rotas que proporcionam maior economia de combustível.

Plantio feito pela Pizzatolog

Investimento não é despesa

Para bancar esse conjunto de ações a PizzattoLog investiu mais de R$ 5 milhões desde 2018, explica Francisco. “Essa é uma conquista muito importante, que a empresa trata de fato como investimento e não como despesa. E que traz um retorno garantido (ver quadro). Tanto assim que, no orçamento do biênio 2025/2026, a previsão é reservar 20% do faturamento para ações sustentáveis”.

O executivo enfatiza que as ações do Comitê estão enraizadas na PizzattoLog, porque isso ajuda a posicionar a empresa no mercado. “Trata-se de um compromisso com as futuras gerações e com a responsabilidade ambiental. E que é muito motivado pelo engajamento dos diretores com as práticas ESG, que consideram uma necessidade sólida e robusta, o que torna bem mais fácil ser replicado entre os colaboradores.

Assista no YouTube: Entrevista completa com Erick Tosin, Gestor de ESG e Qualidade, da Pizzatto Log

Francisco lembra ainda que os indicadores do Barômetro ESG são dinâmicos e estão em constante transformação. “O mercado está sempre em mutação e apresentando novas tecnologias. Assim, os indicadores também vão se ajustando a essas novidades e, na medida em que os dados vão sendo compilados e consolidados, vai subindo a régua de cada um deles. A conquista do Prêmio de Sustentabilidade do Setcesp mostra que estamos no caminho certo, rumo a um mundo cada vez mais sustentável” 

Esforço recompensado

O resultado de todo esforço da PIzzattolog de cunho sustentável aparece nos números associados a cada iniciativa. Enquanto as ações ligadas à gestão hídrica proporcionaram um ganho estimado de 330 mil litros poupados, a economia de energia elétrica alcançou R$ 18 mi e a quantidade resíduos recliclados, incluindo pneus, já soma mais de seis toneladas. Da mesma forma, mais de 400 mil litros de diesel deixaram de ser consumidos, em função dos cuidados com o uso da frota. Da mesma forma, o plantio de árvores foi responsável pelo sequestro de 4 mil toneladas de CO2. Sem contar o ganho de produtividade em todas as operações da empresa, da ordem de 40%.

Confira um pouco mais sobre o projeto

Mais detalhes do projeto: Revista Frota&Cia edição 252 – Especial Transporte Sustentável

Leia também: Setcesp revela vencedores do 9ª Prêmio de Sustentabilidade

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!