Mercado reage e emplacamentos de veículos avança 30% em fevereiro

Segundo dados da FENABRAVE (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o mês de fevereiro de 2024 foi muito positivo para a indústria automotiva. No geral, o aumento de emplacamentos foi de 30% em relação ao mesmo período no ano passado. Além disso, o acumulado do bimestre também se manteve ótimo, tendo crescido 25%.

Houve alta de 14,6% nas vendas diárias de veículos, considerando todos os segmentos, uma vez que fevereiro teve 19 dias úteis contra 22 em janeiro. O único segmento que apresentou números negativos no período foi o de ônibus. Entretanto, a grande diferença percentual, se deve à base baixa de comparação.

“Notamos uma recuperação geral, nas vendas diárias da maior parte dos segmentos, o que aponta para um ano positivo“, avalia Andreta Jr., presidente da FENABRAVE, que complementa: “São resultados consistentes para os segmentos de maior volume, o que nos deixa otimistas. Temos indicativos econômicos e setoriais que mostram uma conjuntura positiva para esse ano, especialmente, pela redução das taxas de juros e um ambiente mais favorável à oferta de crédito e, portanto, à maior disponibilidade de recursos para financiamentos de veículos”, finaliza Andreta Jr.

Fenabrave emplacamentos fevereiro 2024

Caminhões

O segmento teve um crescimento de 4% em comparação com fevereiro de 2023. Entretanto, o acumulado no ano registrou uma queda de 10%, porém, é facilmente explicada pelo presidente da FENABRAVE, Andreta Jr.. O PIB sofreu revisões para cima, nas últimas semanas, e isso é captado pelo mercado de caminhões. A queda neste primeiro bimestre, em relação ao mesmo período do ano passado, está relacionada à antecipação de compras ocorrida no início de 2023, por conta da mudança de tecnologia dos motores (EURO 5 para EURO 6)”

Ele completa dizendo que a linha do que vem impactando, de forma positiva, o mercado de veículos como um todo, o segmento de caminhões tem reagido devido à evolução do crédito e por conta da expectativa de melhora na economia em 2024.

Implementos Rodoviários

O segmento marcou um aumento nos licenciamentos de 25% em relação a fevereiro de 2023. Se medirmos o acumulado de 2024, o aumento foi de 16%.

O mercado de implementos tem reagido em 2024, impulsionado pelo fato de muitos transportadores terem priorizado a troca dos caminhões em 2023 (por conta da mudança e tecnologia). “Como houve a mudança de tecnologia dos caminhões, no ano passado, o segmento de implementos descolou um pouco do de caminhões no 1º semestre. Em 2024, devemos ter um movimento de recomposição das vendas deste segmento”,explica o Presidente da FENABRAVE.

Implementos Rodoviários

Ônibus

Apesar de ter crescido em relação ao mês de janeiro de 2024, o segmento de ônibus apresentou uma queda em comparação à 2023 de 25%. Entretanto, segundo a FENABRAVE, isso se deve à base baixa de comparação.

Os números devem aumentar, impulsionado por licitações governamentais de aquisição, ainda que os índices comparativos a fevereiro do ano passado e do bimestre apontem queda inicial. A grande diferença percentual, em relação aos primeiros dois meses de 2023, se deve à base baixa de comparação.

“O segmento de ônibus deve ser impulsionado, entre outras razões, pelo Programa Caminho da Escola, que teve uma grande licitação publicada em 2023, com parte das entregas previstas para este ano”, diz Andreta Jr.

LEIA MAIS: Cummins anuncia próxima geração do motor X15 diesel

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!