Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Empresas | segunda-feira, 13/02/2017 05:41

Volkswagen pode processar Piech por alegações sobre dieselgate

Ex-presidente da montadora disse ter avisado diretores da empresa sobre fraude de emissões antes do escândalo se tornar público

A Volkswagen sinalizou que pode tomar ações legais contra seu ex-presidente Ferdinand Piech. O motivo foram recentes reportagens nas quais Piech disse que havia informado os diretores da empresa sobre possíveis fraudes de emissões de diesel 6 meses antes do escândalo se tornar público.

O ex-presidente teria levantado a questão com o CEO da época Martin Winterkorn e membros do conselho fiscal em 2015, pouco antes de Piech deixar a empresa.

Winterkorn, que deixou a Volkswagen após o escândalo vir à tona, teria assegurado a Piech que tudo estava sob controle.

A montadora divulgou comunicado sobre o assunto. "O conselho de supervisão da Volkswagen AG rejeita enfaticamente as afirmações feitas por Ferdinand Piech como foi relatada recentemente na mídia", disse a Volkswagen.

"O conselho de administração avaliará cuidadosamente a possibilidade de medidas e reclamações contra Piech", afirmou a empresa.

Piech, membro da família que detém uma participação majoritária na Volkswagen, liderou a empresa por duas décadas antes de ser forçado pela diretoria a renunciar a abril de 2015, após desavenças com Winterkorn.

Fonte: Reuters

Deixe seu comentário