Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Empresas | quinta-feira, 21/09/2017 02:12

Volkswagen Caminhões e Ônibus investe R$ 190 milhões em sua fábrica no RJ

Além de ampliar o espaço da unidade de Resende, a montadora também adquiriu 38 robôs e outros 170 itens para medição
Além de ampliar o espaço da unidade de Resende, a montadora também adquiriu 38 robôs e outros 170 itens para medição
A fábrica da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus, localizada em Resende, no Rio de Janeiro, acaba de receber investimentos de R$ 190 milhões para a produção de uma linha inédita de veículos: a nova família Delivery. 
 
A unidade, agora, conta com trinta e oito novos robôs que ampliaram em 60% o nível de automação na armação de cabines. Eles são responsáveis por 2.500 pontos de solda, além de 170 itens para medição. A fabricante também adquiriu mais de 120 equipamentos novos, incluindo alguns de grande porte, para a montagem na linha final.
 
Para abrigar o avanço tecnológico, a montadora ampliou em quase cinco mil metros quadrados sua área construída. O prédio de armação da cabine, onde se concentram os novos robôs, teve uma extensão de 30% e incorpora conceitos de sustentabilidade em sua construção, com a adoção de domos prismáticos em sua cobertura, uma espécie de claraboia mais moderna, para favorecer a iluminação natural, que substituem o equivalente a 114 lâmpadas de 400 watts, reduzindo assim o consumo de energia.
 
Outros grandes investimentos estão no prédio da montagem final, com o equipamento de alinhamento da suspensão independente e ainda um robô para colar para-brisas e vidro vigia, seguindo tendência mundial da indústria automotiva. 
 
O investimento total corresponde a cerca de R$ 190 milhões, ou 20% do montante total aplicado no projeto. Antes com 12 robôs, a fábrica quadruplicou essa estrutura. Hoje dispõe de 50 equipamentos. Todo o planejamento dessa manufatura foi feito para conferir flexibilidade e integração, resultando num gerenciamento eficiente da fábrica.
 

Deixe seu comentário