Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Transportes | sexta-feira, 10/11/2017 02:53

RTE Rodonaves comemora parceria com transportadoras PTE Paulineris e Carvalima

Cooperação entre as empresas foi responsável por aumentar a demanda de serviços e melhorar o atendimento ao cliente
Novembro é um mês de celebração para a RTE Rodonaves, que além de comemorar 37 anos de fundação, inaugura, nesta sexta-feira (10), a nova sede da transportadora parceira PTE Paulineris, na cidade de Alfenas (MG), além de festejar os dois anos de aliança com a Carvalima Transportes. 
 
A parceria com a Paulineris começou em 1994 com o objetivo de solidificar as operações no sul de Minas Gerais. A expansão das atividades na região impulsionou o aumento da demanda de serviços e, por isso, optou-se em investir em uma sede maior.
 
 
“A parceria com a RTE Rodonaves nos proporcionou seu pioneirismo e experiência no segmento de transportes de cargas. Hoje, temos maior abrangência de atuação, e a cada dia, um melhor posicionamento de mercado. Atribuímos estas conquistas ao espírito de parceria e colaboração entre as duas empresas”, afirma o sócio-proprietário da PTE Paulineris, Neris Quintino. 
 
Já a aliança com a Carvalima Transportes começou em 2015 com o objetivo de ampliar o atendimento aos clientes. “A aliança veio em um momento oportuno, pois enquanto a maioria das empresas estavam diminuindo suas operações devido à crise, resolvemos unir forças e aproveitar espaços que o mercado proporcionava e algumas de nossas malhas ociosas para atender em conjunto. Durante esses dois anos, amadurecemos muito a nossa relação operacional e empresarial”, destaca o diretor-geral da Carvalima Transportes, Dejalmo Fedrizze.
 
 
O presidente e fundador da RTE Rodonaves, João Braz Naves, ressalta a parceria entre as empresas. "A união entre as transportadoras venceu muitas barreiras durante toda essa trajetória, e esses desafios fortaleceram ainda mais nossa aliança, que a cada ano está mais sólida”, conclui. 
 

Deixe seu comentário