Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Infraestrutura | quarta-feira, 03/05/2017 03:21

Representantes sul-americanos discutem construção do Corredor Bioceânico

Obra de infraestrutura viária busca unir Brasil e Chile por meio de oceanos
Obra de infraestrutura viária busca unir Brasil e Chile por meio de oceanos
Representantes dos governos do Brasil, Chile, Argentina e Paraguai se reuniram na última terça-feira, 2, na capital paraguaia Assunção para debater sobre a construção do Corredor Bioceânico Rodoviário, uma obra de infraestrutura viária que ligará o Oceano Atlântico, no Brasil, com o Oceano Pacífico, no Chile. 
 
O projeto compreende as cidades brasileiras de Campo Grande e Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, as localidades paraguaias de Carmelo Peralta, Mariscal Estigarribia e Pozo Hondo, as cidades argentinas de Misión La Paz, Tartagal, Jujuy e Salta, e a localidade de Mejillones, em Iquique, no Chile.
 
As reuniões abordaram aspectos como as obras necessárias para as infraestruturas viária, a construção de pontes e portos e as melhorias em passagens fronteiriças e nos controles alfandegários, de proteção fitossanitária e migratória nas zonas limítrofes. 
 
A reunião em Assunção é a quarta de uma série de encontros que começou há um ano em Antofagasta, no Chile, e continuou em Campo Grande, no Brasil, e Jujuy, na Argentina. Na reunião de ontem participaram integrantes dos ministérios de Infraestrutura, Obras Públicas e das Relações Exteriores dos quatro países, com o objetivo de impulsionar estudos técnicos para o início da obra. 
 
O próximo encontro deve acontecer hoje, 3, com uma visita às cidades de Loma Plata e Filadelfia, no Chaco paraguaio. 

 

Deixe seu comentário