Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Empresas | sexta-feira, 24/03/2017 03:13

Randon apresenta prejuízo em balanço de 2016

Receita bruta da empresa somou R$ 3,7 bilhões, 13,1% inferior à de 2015
Receita bruta da empresa somou R$ 3,7 bilhões, 13,1% inferior à de 2015
A Randon S.A Implementos e Participações divulgou nesta sexta-feira, 24, o balanço de desempenho de 2016. A empresa teve um prejuízo de R$ 67,2 milhões, com margem líquida de -2,6%, e aposta nas exportações para extinguir a alta ociosidade das fábricas. 
 
Em 2016, a receita bruta total da Randon, com impostos e antes da consolidação, somou R$ 3,7 bilhões, 13,1% inferior à de 2015. No mesmo exercício, a receita líquida consolidada atingiu R$ 2,6 bilhões, 15,3% menor quando comparada ao ano anterior. 
 
A divisão autopeças respondeu por 50,1% das receitas da Companhia e a divisão implementos por 44,4%, enquanto os serviços financeiros representaram 5,5%. A participação menor (5,6 pontos percentuais) da área de implementos na receita é creditada à redução de 20,8% no volume de vagões faturados. O EBITDA de R$ 142,7 milhões registrado no último ano foi 11,8% inferior a 2015 e ajustado somou R$ 252,1 milhões no final de 2016.
 
A empresa apresentou lucro bruto de R$ 520,9 milhões no acumulado de 2016 (19,9% da receita líquida consolidada) e que representa uma redução de 18,7% em relação a 2015. 
 
Desafio
 
O Diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Geraldo Santa Catharina, explica que “os últimos exercícios foram desafiadores e impuseram à Companhia medidas difíceis e complexas em prol da adequação ao impacto da economia”. 
 
Dentro de sua estratégia para conter a crise, a Randon S.A intensificou as ações nos mercados internacionais. Entre as iniciativas que estão em andamento se encontra o projeto de viabilidade para aumentar as exportações pelo sistema CKD, ou seja, o envio do produto em partes a ser montado no local de destino. 
 
Em 2016, as vendas consolidadas para o exterior encerraram em US$ 151,6 milhões, 4,2% inferiores a 2015. A representação do mercado externo em proporção à receita líquida consolidada aumentou de 16,9% em 2015 para 20% em 2016. As unidades externas faturaram US$ 113,6 milhões (planta de veículos rebocados na Argentina e as unidades controladas pela Fras-le no exterior – EUA e China), o que totalizou US$ 265,2 milhões em 2016 ou 11,9% menor do que em 2015.
 

Deixe seu comentário