Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Segurança | quinta-feira, 09/11/2017 02:56

Proposta visa prisão de motorista alcoolizado mesmo sem flagrante

Projeto de lei 9015/2017 foi apresentado na última terça-feira (07) pela deputada Christiane Yared na Câmara dos Deputados
 Projeto foi apresentado na última terça-feira (07) pela deputada Christiane Yared na Câmara dos Deputados
O motorista alcoolizado que matar uma pessoa no trânsito será preso em flagrante, não importa quanto tempo depois seja capturado. Essa é a proposta da deputada federal Christiane Yared (PR-PR) apresentada na última terça-feira (07) na Câmara dos Deputados.
 
O projeto de lei 9015/2017 quer mudar o Código de Processo Penal para acrescentar novas possibilidades de flagrante. Atualmente, um motorista que foge do local do crime ao cometer um homicídio é beneficiado. Ao se apresentar dias depois, o criminoso pode responder ao processo em liberdade.
 
Para evitar essa manobra, Yared propõe que ocorra o flagrante não importando quanto tempo após a ocorrência o criminoso seja encontrado. “Queremos coibir uma trapaça realizada pelos criminosos para não responderem pelo crime que cometeram. As vítimas precisam entender que não ficarão desamparadas pela lei”, conclui. 
 

Deixe seu comentário