Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Conjuntura | quinta-feira, 29/09/2016 11:41

Porto de Santos registra movimentação recorde de cargas até agosto

Açúcar e o complexo soja destacam-se na pauta de exportações pelo Porto de Santos

O movimento acumulado de cargas de janeiro a agosto deste ano no Porto de Santos atingiu a marca recorde de 78,6 milhões de toneladas. Esse volume suplantou em 1,3% o maior volume até então registrado, atingido no mesmo período de 2015 (77,6 milhões t). O fluxo de exportação permanece como o principal responsável pela alta, com participação de 74,0% do total movimentado e crescimento de 4,6% no período, contra um decréscimo de 7,1% na importação.

Exportações

As exportações trazem como destaque o açúcar que atingiu 12,867 milhões de toneladas até agosto, com crescimento de 19,2%. O complexo soja, englobando grãos e farelos, alcançou total de 17,767 milhões t, registrando aumento de 10,8%. Outros produtos com destaque na pauta de exportações foram carnes (+4,3%) e sucos cítricos (+6,9%). Nas importações, o produto de maior participação foi o adubo, que atingiu 1,968 milhões t, com aumento de 39,1%. Apresentaram também crescimento no período o gás liquefeito de petróleo (37,9%), o trigo (33,4%), a soda cáustica (14,8%) e o amônia (10,7%).

De acordo com informações do Porto de Santos, a movimentação de contêineres voltou a registrar queda, somando 2,335 milhões teu (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), quantidade 7,8% inferior ante a registrada no mesmo período de 2015 (2,533 milhões teu). O número de atracações até agosto atingiu 3.209, registrando queda de 6,9% em relação a igual período de 2015 (3.448).

O diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Alex Oliva, diz que ações como a dragagem, o novo viário, a crescente produtividade de terminais e o aprimoramento da logística garantem bom desempenho. “O Porto deve expandir sua capacidade com a conclusão das obras de infraestrutura em andamento e previstas, tanto pelo setor público quanto pelo privado,” afirma o presidente.

China e Estados Unidos

As exportações somaram US$ 35,6 bilhões e as importações US$ 26,4 bilhões. A China permanece na liderança do ranking dos parceiros comerciais de Santos nos dois fluxos, respondendo por 17,7% das exportações e 19,9% das importações. Os Estados Unidos vêm em segundo, também nos dois fluxos, com uma participação de 11,3% nas exportações brasileiras e 17,3% nas importações.

Os produtos de maior destaque na pauta de exportações foram a soja, com uma participação de 14,8%, principalmente, para China, Tailândia e Irã, e açúcar, com 10,7%, tendo como principais destinos a China, Índia e Bangladesh. No fluxo de importação destacaram-se o gasóleo, com 1,8%, principalmente, para Estados Unidos, Suíça e Reino Unido, e caixas de marchas, com 1,3%, para Japão, Indonésia e Coreia do Sul.

Fonte: Uol

Deixe seu comentário