Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Caminhão | quarta-feira, 11/10/2017 04:48

Nvidia firma parceria para implantar frota teste de caminhões de entrega autônomos

Empresa se uniu com a DPDHL e a ZF para aplicar inteligência artificial em modelos. Entrega deve ser iniciada em 2018
Empresa se uniu com a DPDHL e a ZF para aplicar inteligência artificial em modelos. Entrega deve ser iniciada em 2018
A NVIDIA anunciou ontem (10) que a Deutsche Post DHL Group (DPDHL), companhia de correio e logística, e a ZF, fornecedora automotiva, juntaram-se para implantar uma frota teste de caminhões de entrega autônomos, a ser iniciada em 2018.
 
A DPDHL equipará caminhões elétricos leves com o Sistema de Direção autônoma ZF ProAI, baseado na tecnologia NVIDIA DRIVE™ PX, para transporte e entrega de encomendas de forma automatizada, inclusive para as entregas ao consumidor final. Levar pacotes de um ponto central para os seus destinos finais é considerado o aspecto mais complexo e custoso de entregas de correio e comércio eletrônico.
 
A empresa tem atualmente uma frota de 3.400 veículos elétricos de entrega tipo StreetScooter, os quais podem ser equipados com múltiplos sensores ZF, inclusive câmeras Lidar e Radar que alimentam o sistema ZF ProAI. Isso pode permitir que o modelo utilize inteligência artificial para entender seu ambiente, planejar um caminho seguro à frente, prosseguir ao longo de uma rota selecionada e estacionar sozinho, garantindo que as entregas possam ser feitas com maior precisão e segurança a um custo menor.
 
“O ZF ProAI é o cérebro entre nosso sensor de direção autônoma instalado para detectar e entender o ambiente e nosso controle de movimento com base em uma competência mecânica excepcional – o sistema todo segue nossa abordagem ‘Ver – Pensar – Agir’. Na logística de fornecimento e na entrega final, em que a direção autônoma possui grandes benefícios, bens podem ser entregues independentemente do horário do dia e da equipe de entrega, com mínimo ruído e emissões e, consequentemente, reduzindo significativamente o congestionamento do tráfego nos centros das cidades”, destacou o CEO da ZF, Dr. Stefan Sommer.  
 
Para desenvolver esses veículos de entrega com IA, a DPDHL configurou seus centros de dados com o supercomputador de IA, NVIDIA DGX-1™, para treinar suas redes neurais. Ele irá, então, executar seus modelos de aprendizado profundo na plataforma NVIDIA DRIVE PX do caminhão. Um veículo de entrega protótipo, apresentado hoje, utiliza seis câmeras, um radar e dois Lidar – todos alimentando o NVIDIA DRIVE PX.
 

 

Deixe seu comentário