Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Produtos e Serviços | quinta-feira, 01/06/2017 02:56

Frigo King lança equipamento de refrigeração para setor de transportes

Titan900 possui sistema capaz de acionar automaticamente o motor diesel em caso de falta de energia elétrica
Titan900 possui sistema capaz de acionar automaticamente o motor diesel em caso de falta de energia elétrica
 
A Frigo King, empresa no mercado de transportes de baixas temperaturas, localizada em Santa Catarina, está prestes a lançar um produto desenvolvido no Design Export, programa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e do Centro Brasil Design (CBD). 
 
Trata-se do Titan900, equipamento de refrigeração para transporte da linha Titan construído em chassi leve e resistente, com estrutura com tratamento antioxidante e dinâmica que atenua a vibração do Motor à Diesel Yanmar, refrigerado à água que aciona o compressor.
A linha conta com o sistema smart start, capz de acionar automaticamente o motor diesel em caso de falta de energia elétrica, e a aplicação easy connection, que dispensa os botões e chaves-seletora de operação para escolha de diesel ou elétrica, de voltagem (220v ou 380v trifásico). “É muito mais praticidade para o motorista, que não precisa ter experiência para colocar o equipamento para funcionar”, ressalta o diretor da Frigo King, Marcos Augusto Pordeus de Paula.
 
O controlador de cabine microprocessado permite acesso em tempo real e setup de temperatura em até duas câmaras, da rotação e temperatura do motor diesel, pressão de trabalho, tensão de fase e alerta de falhas. “A aerodinâmica do produto foi cuidadosamente pensada, pois interfere diretamente no desempenho do veículo no qual está instalado”, ressalta o profissional. 
 
O equipamento chega ao mercado brasileiro este mês e tem previsão de exportação para América Latina já em agosto de 2017. “O objetivo deste projeto é reposicionar a Frigo King no mercado externo, dobrando a exportação de seus produtos nos próximos dois anos e incrementar em 20% as vendas dos produtos no mercado interno”, finaliza Marcos.  
 

Deixe seu comentário