Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Conjuntura | sexta-feira, 07/10/2016 11:43

Estoque de caminhões já chega a 85 dias, aponta Fenabrave

Número é elevado, mesmo com o baixo nível de produção das fábricas, que seguem com capacidade ociosa superior a 70%

O setor de caminhões segue sem qualquer sinal de reação das vendas. A Fenabrave, federação dos distribuidores de veículos, calcula que o estoque do segmento já alcance volume suficiente para 85 dias de emplacamentos. O número é elevado mesmo com o baixo nível de produção das fábricas, que seguem com capacidade ociosa superior a 70%.

Em setembro as vendas de caminhões somaram apenas 4,5 mil unidades, com queda de 30,1% sobre o mesmo mês de 2015 e de 5,2% na comparação com o já fraco resultado de agosto. No acumulado dos primeiros nove meses de 2016 o tombo é de 30,6%, para 38,6 mil unidades. Diante dos números minguados, a Fenabrave revisou a expectativa para o fechamento deste ano. Segundo a entidade a tendência é de que os licenciamentos fiquem em 51,3 mil veículos, com contração de 28,5%.

Ainda que o cenário siga negativo este ano, a entidade sustenta que as vendas voltarão a crescer em 2017. “Quando a economia melhorar, o segmento de caminhões é o que vai reagir primeiro, principalmente os pesados”, avalia Alarico Assumpção Jr, presidente da Fenabrave. Segundo ele, um possível reaquecimento do consumo no país terá impacto rápido no setor. O agronegócio também pode ajudar nesta recuperação, já que a expectativa é de que a safra de grãos alcance novo recorde no ano que vem.

Fonte: Automotivo Business

Deixe seu comentário