Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Conjuntura | quinta-feira, 31/08/2017 04:42

Empresas demonstram interesse em pacote de rodovias do RS

Governo já teria recebido manifestação de interesse por parte de três companhias
 Governo já teria recebido manifestação de interesse por parte de três companhias
O governo federal já teria recebido manifestação de interesse por parte de três empresas no pacote de concessões de quatro rodovias federais que cortam o Rio Grande do Sul (BRs 290, 386, 101 e 448). Um dos empreendimentos interessados é o grupo Triunfo Participações, cujo braço gaúcho, a Triunfo Concepa, que já administra a BR-290. 
 
Um dos diferenciais desse edital é facilitar a participação de empresas estrangeiras, consorciadas ou não com parceiras brasileiras, por meio da redução de burocracias. Com as maiores construtoras nacionais envolvidas em escândalos de corrupção, o governo almeja, assim como ocorreu com os aeroportos, ampliar a concorrência.
 
Por isso, na viagem à China, o presidente Michel Temer está levando o projeto de concessão de estradas gaúchas chamado de Rodovia Integração do Sul. Assim como foi feito nos Estados Unidos e na Europa, a ideia é atrair interessados.
 
Poderão participar do leilão, isoladamente ou em consórcio, pessoas jurídicas brasileiras ou estrangeiras, entidades de previdência complementar e fundos de investimento. Para ganhar o processo, terá de comprovar possuir capital mínimo de R$ 276,5 milhões e experiência com obras e administração de rodovias. 
 
A partir da assinatura do contrato, a vencedora terá até um ano para construir as praças de pedágio necessárias e iniciar a cobrança. A exceção é a freeway (BR-290), que já possui a estrutura e, por isso, cobrará tarifa desde o começo da concessão.
 
Fonte: Zero Hora
 

Deixe seu comentário