Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Negócios | quinta-feira, 13/04/2017 03:12

Empresa chinesa negocia compra de fatia do Terminal de Contêineres de Paranaguá

China Merchants oferece US$ 1 bi e também tem interesse nos terminais de Santos
China Merchants também tem interesse nos terminais de Santos
 
A estatal China Merchants avançou nas negociação para adquirir uma fatia do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), no Paraná. O ativo é controlado pelo fundo americano Advent e foi colocado à venda no ano passado. Segundo fontes, o valor da transação, referente à participação da Advent de 50% na empresa, é de cerca de US$ 1 bilhão.
 
A ideia original era abrir o capital do TCP ou vender apenas uma fatia a investidores privados, mas a boa demanda pelo negócio levou os controladores a rever essa estratégia. A companhia também estava em conversas com o grupo árabe Dubai Port World (DP World), sócio da Odebrecht na Embraport, para comprar parte dos terminais de Santos, mas as negociações esfriaram.
 
O gigante asiático é o maior investidor e operador de rodovias na China, com 8.147 km de estradas, pontes e túneis em 18 províncias. Além disso, tem 31 terminais portuários espalhados por 18 países. No Brasil, o TCP seria a estreia para futuros negócios numa área carente de investimentos, a infraestrutura de transportes.
 
O terminal brasileiro é terceiro maior terminal de contêineres do País e tem bom potencial de crescimento. Nos últimos anos, recebeu altos investimentos na renovação de equipamentos e na infraestrutura local, o que melhorou de forma expressiva a produtividade que em 2015, movimentou 815,6 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés).
 
Fonte: Estadão

Deixe seu comentário