Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Logística | terça-feira, 14/11/2017 02:56

Crise impulsiona crescimento dos cursos de logística no Brasil

Cenário exige competitividade de empresas e aquece a procura por profissionais da área
 Cenário exige competitividade de empresas e aquece a procura por profissionais da área
A crise econômica tem impulsionado a procura por cursos de logística no Brasil. Dois dados mostram a importância da área: o custo pode representar de 20 a 30% do gasto total de um produto e consome 11,7% da receita das empresas. Por isso, o estudo do tema, algo bem comum nos cursos de graduação tecnológica, gradativamente ganha espaço na lista de pós-graduações e MBAs. 
 
A área de trabalho trouxe à tona a necessidade de repensar o formato das estruturas de produção, para que as empresas possam se manter competitivas em mercados de consumo cada vez mais restritos. “Muitas estão aproveitando a crise imobiliária para rever as malhas logísticas e se reposicionar em armazéns novos, com melhor padrão de construção e mais baratos”, explica Fabiano Stringher, professor do curso de pós-graduação em Logística Empresarial da Fundação Vanzolini. 
 
Além disso, o aumento ininterrupto do varejo virtual, que tem crescido a taxas de pelo menos 25% nos últimos anos, coloca a área em evidência. E a demanda por profissionais tende a crescer. Uma pesquisa da empresa de recrutamento Robert Half com 230 especialistas em cadeias de suprimentos mostrou que 76% deles acreditam que o setor logístico avançará bastante nos próximos anos. 
 
Até porque, afirmam os especialistas, o Brasil ainda tem muitos gargalos no setor. Não à toa, o Brasil ainda ocupa a 55.ª posição no ranking internacional de eficiência em logística, conforme relatório do Banco Mundial de 2016, que considera como principais problemas o custo, pontualidade e embarque internacional.
 
Melhorar isso exige investimento e profissionais preparados. Exatamente o que propõem os cursos de pós e MBA na área, cujo público-alvo principal são os graduados em Tecnologia em Logística, mas que também abarca profissionais com experiência ou formação em Engenharia, Administração, assim como egressos de cursos de graduação que tenham interesse na área.
 
Serviço
 
UNIP
MBA em Logística Empresarial e Supply Chain
Inscrições: até 31 de março
Duração: 6 a 12 meses
Custo: 18 parcelas de R$ 194.41 
 
SENAC
Pós-graduação em Logística Empresarial
Inscrições: até 1º de maio
Duração: 18 meses 
Custo: 22 parcelas de R$ 319.63 
 
UNIVERSIDADE DE ARARAQUARA
Pós-graduação em Logística Reversa
Inscrições: até 31 de março
Duração: 18 meses
Custo: 18 parcelas de R$ 329,00 

Fonte: Edu.Estadão

Deixe seu comentário