Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Conjuntura | quinta-feira, 19/10/2017 02:38

Contran regulamenta padrões para semáforos sonoros

objetivo da norma é estabelecer um padrão de sinal que seja comum a todo o país, uniformizando o modo de utilização dos dispositivos
O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) do Ministério das Cidades, por meio da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) 704/2017, acaba de padronizar e regulamentar a sinalização semafórica sonora para o deficiente visual. 
 
O objetivo da norma é estabelecer um padrão de sinal que seja comum a todo o país, uniformizando não só os sinais sonoros, visuais e vibratórios do equipamento, como também o modo de utilização desse dispositivo. A resolução será obrigatória a partir de 01 de janeiro de 2020.
 
“Essa Resolução parte da necessidade de conferir maior segurança à travessia desse tipo de pedestre, bem como em consideração à Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência) e contou com a colaboração de diversos atores da sociedade civil organizada, inclusive do Conselho Nacional da Pessoa com Deficiência (Conade)”, explicou o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi. 
 
Ainda, de acordo com Vicenzi, o deficiente visual terá a plena certeza da forma como o equipamento deve ser acionado quando necessitar realizar a travessia de uma via em qualquer cidade do país reconhecendo rapidamente os sinais que o auxiliarão nesse processo. 
    

Deixe seu comentário