Acompanhe a Editora Frota
Para prevenir o envio de spam, deixe este campo em branco.

 

Você está aqui

Produtos e Serviços | segunda-feira, 11/07/2016 10:03

Bosch cria unidade de negócio para veículos comerciais e fora de estrada

Núcleo será responsável por vendas e desenvolvimento de sistemas dedicados aos dois segmentos
Bosch

A Bosch anuncia a criação de uma unidade de negócio dedicada a veículos comerciais e fora de estrada. O novo núcleo denominado CVO será responsável tanto por vendas quanto por desenvolvimento de sistemas, mas ligado às demais divisões da companhia.

“A nova unidade é uma organização de vendas com o desenvolvimento do sistema integrado e que coopera estreitamente com todas as divisões”, diz Johannes-Jörg Rüger, vice-presidente da Bosch.

Após uma reestruturação estratégica das novas áreas de negócio, o segmento de pesados e off-road, que abrange caminhões e máquinas agrícolas e de construção, ganhou representatividade: segundo a empresa, existe um potencial de crescimento na casa dos bilhões de euros em países com normas ambientais e de segurança mais rígidas, além de regiões com cidades emergentes.

A Bosch identificou que fornecer aos fabricantes de máquinas agrícolas apenas sistemas de injeção diesel não é mais suficiente. Também são necessários telas coloridas ou sensores de assistência aos condutores, por exemplo. É por isso que, no futuro, cada cliente do mundo de veículos comerciais e fora de estrada terá um contato exclusivo da Bosch para toda a gama de produtos que a empresa oferece, como já acontece no domínio de veículos leves para clientes como Daimler e Volkswagen.

O CVO também será ativo no desenvolvimento de sistemas. “Isso pode incluir produtos do setor dos veículos leves, por exemplo, uma câmera estereoscópica adaptada ao mercado de veículos comerciais com a ajuda de outras divisões”, disse Anton Beer, diretor de marketing. Em particular, a empresa acredita que direção autônoma e conectividade são áreas promissoras para possíveis sinergias com a indústria de veículos e que pode dar lugar a um crescimento significativo nas vendas.

Fonte: Automotive Business

Deixe seu comentário